A procura da felicidade...

E todos saem vagando pela estrada alheia, buscando algo desconhecido, improvavel de se encontrar. Mas onde ela está? Se todos soubessemos, ninguém a procuraria. Então andamos, corremos, nos desesperamos enquanto gritamos por uma ajuda inexistente: só queremos ser felizes. Às vezes entramos por uma estrada desconhecida, só por alguém dizer que é a melhor pra gente; mas, e se não for? Nem tudo é bom para todos, enfim. Só procuramos um fim agradavel, mas será que ele existe? Será que tudo chega mesmo à um fim? A vida parece sempre estar em constante movimento, será que ela acabará como todos? Será que depois daqui teremos a chance de viver algo inusitadamente novo? Gostamos das inovações, por isso as desejamos; mas nem todas são tão boas quanto as versões originais, antigas. Sempre sentiremos falta daquilo que não poderemos mais ter; essa deve ser uma caracteristica humana em comum. Todos querem ser feliz. Mas felicidade é um termo tão amplo, que nem deveria existir. Se estamos felizes, podemos estar deixando outros tristes. Isso não é bom; mas continuamos buscando nossa felicidade, porque ela parece ser mais importante que todas as outras. O mundo é tão futil que deixa que façamos isso. Ele deixa que que mudemos tudo à nossa maneira, até que tudo dê errado... ou talvez acabe dando certo. Quem consegue entender isso? Quando achamos que estamos chegando ao fim de um corredor, nos deparamos com uma variedade de entradas e portas, que só estão nos esperando para tentarmos. Tentarmos. E tentarmos novamente, até que essas tentativas acabem. Ao nosso redor tem um universo de possibilidades: só basta usá-las da maneira adequada. O problema é: e se essas nossas tentativas acabarem machucando alguém, tirando sua felicidade sofrida? Não tem jeito; não podemos deixar de ser feliz por causa de outra pessoa, a não ser que tenhamos uma maneira de sermos felizes juntas. Pode não ser assim, mas na verdade o mundo é feito de pessaos egoístas para pessoas egoístas. Sigamos então as regras: sejamos egoístas juntos!

------------------------------------

O post anterior foi tão #tenso que até esse me parece melhor que ele! ahahaushau'

Comenta *-*
Boa sexta

5 comentários:

  1. Né? Quem vai entender o mundo?/ Como ouvi uma vez 'no mundo egoísta, os egoístas vencem'. (ok, vi isso num filme da barbie, mas isso não vem ao caso.)

    Enfim, talvez nunca seremos felizes. Porque, pelo menos eu, nunca serei feliz, sabendo que o outro não é.

    Beijo *~

    ResponderExcluir
  2. Eu não quero ser egoísta.
    Você falou que nem sempre é possível ser feliz e fazer os outros felizes ao mesmo tempo. E realmente não é fácil. Nós somos únicos e, assim, diferentes. Mas não precisamos deixar alguém infeliz para ser feliz.
    Felicidade não é como um cobertor de solteiro para dois que cobre um ou outro. Felicidade é algo que eu considero estar nas coisas mais simples, naqueles pequenos gestos que nem sempre damos importância. Mas está ai, às vezes somos felizes e não sabemos. Porque felicidade não é alegria, elas são apenas parecidas.
    Mas ainda assim, seu texto é interessante. Porque é realidade.
    Não sei você, mas eu ainda olho para as pessoas nas ruas e me pergunto para onde elas vão com tanta pressa, por que estão rindo, por que estão chorando? Eu me importo com os outros, por mais intrometido que isso possa parecer.
    Mas bem... Que tal lutarmos pela felicidade juntos?
    Porque se podemos odiar, podemos amar também...
    Juh ;*

    ResponderExcluir
  3. Acho que sou egoista com algumas pessoas!

    Aii preciso te contar: Eu acabei de ler 'A Meninas Que Roubava Livros'' Eu Amei! Amei de Mais e Chorei de mais também (uh que sensibilidade) é que deu uma dó, fiquei muito triste eo Rudy me apaixonei por ele aquele Saukerl!
    É um livro perfeito né?!
    E na hora que o Max encontra ela! E ela falando com o Rudy, a mãe eo pai de criação dela depois do bombardeio! Perfeito

    Bjs bom FDS

    ResponderExcluir
  4. quem não é egoista né, tem momentos q somos egocentrico, porq temos q pensa tbem em nós, mais não me considero tão egoista, não podemos fazer os outros felizes, dependem deles mesmos, por isso fazer a nossa parte é fundamental!
    beeijo ^^

    ResponderExcluir