Adultos e seus mundos


No mundo dos adultos é tudo muito simplório. Eles falam de empregos, de política, de bens materiais, de mais dinheiro, de falta de tempo, de suas crianças mal criadas, de seu chefe insuportável... e de amor. E têm a coragem de se dizerem maduros por isso! Como se tudo o que falassem fossem coisas reais; mas não são. Creio que nunca foram.
Eles se dizem donos de si mesmos, mas trabalham por obrigação. Eles reclamam sem parar da política, mas quem escolheu os políticos foram eles. Eles se desesperam porque não possuem dinheiro para comprar mais bens materiais, e se esquecem que não morrerão se não tiverem aquilo. Eles reclamam de seu tempo, mas quem os fazem são eles mesmos. Não percebem que os culpados de seus problemas são eles. E não reconhecem que as crianças são seus reflexos idênticos. Dizem que possuem pés no chão, mas, juntamente com isso, acreditam que existe uma "alma gêmea" para cada um no mundo...
Amor verdadeiro não existe. Você escolhe o quanto pode amar alguém, dedicando seu tempo à ela. Simplesmente não há esse negócio de amor a primeira vista; amar assim não seria amar pela aparência?
Como pode-se viver numa sociedade tão contraditória, que ela mesma desmenti o que diz? De um lado, dizem que não se deve julgar a pessoa pelo seu rosto, mas do outro afirmam que pode-se amar à primeira vista. Eles aprendem matemática, mas parecem não entendê-la realmente; existe um detalhe matemático que diz que um problema nunca dará dois resultados, pois, se isso ocorre, quer dizer que um está errado. Pois bem, se você acredita no "não se deve julgar pelas aparências", não deveria acreditar no "amor à primeira vista"! Ponto final. Não tem como contradizer isso.
Os adultos sempre se julgam mais maduros do que seus filhos. Não vejo bem assim. Os filhos nunca param de dar atenção aos seus pais, ao contrario dos mesmos; e acho que isso, sim, é ser maduro. ELas conseguem arranjar tempo para as pessoas que realmente consideram importantes, enquanto os adultos nunca conseguem fazer isso. Eles sempre utilizam as mesmas desculpas, e não se dão ao trabalho de inventar novas; é sempre as mesmas palavras: "estou sem tempo. Deixe para depois. Agora não.". Sempre a mesma coisa, sempre e sempre. Com as crianças, não. Elas amam as pessoas que lhe são importantes, e mostram isso de modo explicito e sem nenhuma desculpa no caminho. Para quem ama, o melhor presente que pode-se dar é um pouco de seu tempo: Adultos parecem não perceber isso.
Adultos e seus mundos simplórios; sempre tentam mostrar que tudo é muito complicado, e que nada é tao facil quanto parece. Acho que quem criou essa regra foram eles mesmos; por isso não as sigo.


-------------------------------------------


Depois de um tempo sem ter ideias do que escrever, até que enfim lembrei-me desse assunto que me incomoda: adultos e suas tentativas de serem maduros! Não que eu os critique por isso, mas... não sei. Como não sou adivinha, não dá para saber como o mundo seria se os adultos tivessem a "maturidade" e prioridades das crianças, mas talvez o mundo melhorasse... ou talvez não. São possibilidades, e elas convivem em igualdade quanto à esse assunto. ^^'

Boa quinta

8 comentários:

  1. Oii :D
    To sortiando um livro no blog
    Participa lá se quisée
    http://meumundoloove.blogspot.com/p/1-sorteio-do-blog.html

    ResponderExcluir
  2. Não acredito em amor a 1ª vista... Acho que é algo superficial... Não gosto dessa mania de adultos (que mais parece birra de criança) de achar que eles sabem tudo e eles são os maiorais pelo simples fato de terem mais idade. Se minha mãe diz que 1+1=11 eu tenho de bater palmas e dizer q ela é esperta só porque ela é mais velha e eu odeio isso, acho que não sou a única nessa situação também.

    Creio que todos podem aprender sempre mais, não interessa o quão sábio já seja. Aprendi muito com pessoas mais velhas e aprendo até hoje, acho que elas também poderiam aprender coisas comigo assim como e também aprendi muito com pessoas mais novas que eu.

    Não é por acaso que Sócrates, um homem de sabedoria chegou a dizer "Só sei que nada sei.".

    ResponderExcluir
  3. Oi Menina!
    Também não entrei nessa de amor à primeira vista simplesmente por que isso não existe. O que pode existir é uma atração pelas características físicas das pessoas, mas o amor, aquele que faz o coração esquentar mesmo, só com a convivência.
    Adultos não são mais maduros, apenas se julgam assim porque viveram mais que nós e têm mais história pra contar. Acredito que o que realmente faz a diferença é você ser maduro ser precisar impor suas vontades aos outros.
    O mundo é contraditório sim, mas não é por isso que nós vamos ser também, né flor?

    Beijocas!

    ResponderExcluir
  4. Disse tudoo!!
    Assino embaixo, esse assunto também me incomoda mas eu nunca pensei em colocá-lo para fora.
    Eu sempre procurei não ser influenciada por esses adultos que querem nos explicar a vida do ponto de vista deles para que sejamos igual a eles até que se crie uma sociedade totalmente ignorante!

    Preciso da sua ajuda! Vai no meu blog e vota na enquete!! Beju flor bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  5. Eu concordo com o que disse...As vezes os adultos são mais imaturos do q os adolescentes ou as crianças...
    Eu cresço, cresço, cresço...
    mas nunca fiquei totalmente adulta. Não sei se isso é bom ou ruim, mas ainda tenho tempo...
    Bom sabado!
    :3

    ResponderExcluir
  6. PALMAS *estouaplaudindo* !
    tirou as palavras da minha boca; as vezes os adultos esquecem que ja foram crianças e viram alienigenas que só trabalham, obedecem ordens e esquecem muitas vezes de nutrir seu tempo com a diversão ... isso me encomoda muito, por isso que eu menos quero é ter um trabalho de longo tempo, pois nao quero virar um robô programado para simplesmente trabalhar, e nao viver.

    ResponderExcluir
  7. Ai, tanto o que escrever sobre isso!
    Bem, como diz o Peter Pan, eu não quero crescer. Eu serei uma adolescente para sempre, só que com carteira assinada. XD
    Sabe, a inocência das crianças é algo lindo, se elas gostam de você ou não elas demonstram isso, não tem medo se depois vão receber uma cara feia dos pais - é, porque agora palmada é proibida...
    Mas sabe, as pessoas também são contraditórias. Eu mesma me acho o muro, porque é raro eu cair de um lado ou do outro. =/
    Bem, é como um texto da Liliane Prata que li na Capricho: "Copo meio cheio ou meio vazio? Por que não pode ser os dois?"
    Algo assim, acho que você já percebeu que sou meio louca, não sou uma reta, sou milhares de curvas e voltas, então não dá para entender.
    Gosto da teoria do amor a primeira vista, mas não gosto de julgar as pessoas pela aparência.
    Viu? Contraditória...
    Mas eu realmente não gosto da mania de alguns adultos: aquela postura eu sei de tudo.
    Nisso eu concordo TOTALMENTE com você.
    Porque, por mais que se aprenda, sempre terá o que se aprender. u.u
    Bem, eu estou toda confusa para comentar, mas acho que já disse, senão tudo, quase tudo que tinha para dizer.
    Talvez amanhã tenha mais, depois de amanhã pode não ter nada e assim vou, porque as pessoas sempre mudam e eu gosto bastante disso. Se tudo fosse igual sempre seria um saco, não acha?
    Bem, beijos, Ju

    ResponderExcluir