Cavalos e Burros

Dizem que dividir os humanos em raças é abominável; é terrivelmente selvagem; e que todos somos iguais. Isso é hipócrisia. Divide-se os humanos em ricos e pobres, bonitos e feios, alfabetizados e não-alfabetizados, drogados e não-drogados, honestos e ladrões, e etc, etc. São tantas divisões que não consigo contar. E isso é normal; parece que, de uma forma ou de outra, devemos participar de um desses grupos. Não desejo isso para mim. É tudo tão simplório, tão fútil. Prefiro, particularmente, participar de uma divisão que eu mesma criei: a dos que conseguem reconhecer e diferenciar um cavalo de um burro, e os que não conseguem fazer isso. Para mim isso, sim, faz sentido. Isso é coisa de pessoas sensatas: quem consegue diferenciar um cavalo de um burro, estando eles lado a lado, com certeza diferenciará as verdades que são realmentes verdadeiras das que o mundo te obriga a acreditar.
Geralmente, quando uma criança vê um burro e aponta para aquele novo animal, perguntando à mãe o nome dele, a mãe fala: é um cavalo, filhinho. Desde tão cedo aprendemos tudo errado! Um cavalo é muito diferente de um burro. Cavalos são mais altos, mais bonitos, e mais fortes; burros são fieis, um tanto pequenos, mas esforçados. São muito diferentes! Então, se alguém reconhece a diferença deles dois, sem desmerecer nenhum de ambos, com certeza essa é uma pessoa sensata. E pronto. Não adianta discutir isso, porque, acho eu, estou certa. Se você tiver argumentos contra mim, use-os por favor. Só não prometo de acreditar em você, porque, na verdade, sei que as pessoas insensatas não estarão satisfeitos em reconhecer que não conseguem diferenciar um cavalo de um burro; ou talvez não queiram fazer isso por pura preguiça.

--------------------------------------------------------------------


Uma teoria bem confusa, mas passei tanto tempo pensando nela! (rs) Só passei a acreditar que pessoas que conseguem diferenciar um animal de outro, com certeza saberá distinguir do que é verdadeiramente certo ou errado, e os sentimentos das pessoas ao seu redor. Acho que pessoas assim são mais sensíveis. Só não sei se faço parte desse grupo privilegiado.
^^'
Novamente, o titulo não ficou bom ¬.¬' Se vocês fossem colocar um titulo nesse texto, qual colocaria? Me acabei de pensar e não cheguei numa conclusão razoável. Ahauhau'




Ah, meu presentinho para a Brena; não esqueci não, viu, Breh. Terminei de fazer faz pouco tempo, mas não sei se está bom. Bem, se você não gostar, pode falar, vou refazer até ficar do jeito que te agrade ^^'


Ficou assim, no final do trabalho >.<'
Se não gostou, pode falar, Brena.

O link para você baixá-lo é esse AQUI

Bjs'



11 comentários:

  1. Acho que sei reconhecer as diferenças. Na verdade, as vezes sei quem a pessoa realmente é só de passar alguns minutos com ela, mesmo que essa pessoa tente disfarçar. E acho que vc tbm consegue, és sensivel o bastante para isso!
    Bom domingo!
    :3

    ResponderExcluir
  2. Oi, Menina! Com você está? Eu adorei a sua teoria. Sou interiorano, levo certa vantagem sobre os da capital ao que se refere diferenças entre cavalos e burros. [sorrio].
    Mas é isso, saber diferenciar entre um e outro já é o bastante, não precisamos separar os cavalos dos burros para perceber as diferenças, mas para quem não as conhece seria mesmo atormentador. Abraço!

    Convido-te para ler algo em http://jefhcardoso.blogspot.com

    “Para o legítimo sonhador não há sonho frustrado, mas sim sonho em curso” (Jefhcardoso)

    ResponderExcluir
  3. Agora eu sei reconhecê-los. Mas antes não. Ah, quem me dera ter esse conhecimento antes! Antes da dor, antes da minha burrice de cair nas tolas armadilhas da vida. Ah, quem me dera... mas agora só resta-me ficar de olhos bem abertos, tentando perceber se eu realmente possuo o dom de diferenciar o certo do errado.
    Mas acho que já tenho a prova definitiva que sei, mesmo sendo tarde demais para saber.

    E aí, Shizzu-chan' /pegandoojeitodacoisa
    Ficou muito fofo o lay, apesar de ter muito rosa. -qqq AUAHAUHUAH






    ;*

    ResponderExcluir
  4. Foi eu que fiz o lay sim >.< por isso fikou tão noob =P
    :3

    ResponderExcluir
  5. concordo plenamente Mary, essas divisões medíucres que as pessoas fazem... divisões sociais, raciais, físicas... Claro que há diferença entre um e outro, mas dividir as pessoas por essas diferenças é estupidez.

    Acho que um bom título poderia ser "divisões" ou algo assim , mas o título fez sentido com o fim do texto (:

    bjbj , começei Itazura na Kiss ^^

    ResponderExcluir
  6. Hoje em dia é normal separarmos as pessoas uma das outras, colocando rótulos, claro que isso é errado, mas quem disse que conseguimos parar?

    ResponderExcluir
  7. Nossa é lindoo!
    Eu amei mesmoo!
    Muitoo obrigadaa!!!
    Ai é lindoo!!

    Valeuu!!

    ResponderExcluir
  8. Ohh o cabeçalho não quer aparecer... T.T

    ResponderExcluir
  9. Esse texto é pra refletir mesmo.
    E além de fazer textos lindos, faz layouts tb, isso que é ser criativa.

    ResponderExcluir
  10. Sempre incrivel one-chan!
    Eu gostei do titulo /ficou bom *o*

    Que lay lindo,adorei!

    Beijo beijo

    ResponderExcluir
  11. Pelas barbas de Merlin! *o*
    Ótima teoria, muito interessante... Eu meio que já pensava algo parecido. Quando eu era criança (como se eu fosse muito adulta agora XD) minha mãe me deu uma coleção de fábulas e dentre elas havia uma sobre um jumento que passava uma moral que me lembrou esse seu post. Na época em que a curiosidade batia com mais freqüência eu costumava me questionar o porquê do burro se chamar burro (coitadinho), o que eu acabei descobrindo foi que o animal era só muito subjugado (coitadinho²). Uma das curiosidades que eu achei foi que o burro é mais teimoso que o cavalo e que precisa entender o que lhe mandam fazer. Na verdade eu acho que essa teimosia não devia fazer com que ele fosse chamado de burro, muito pelo contrário, sei lá... (<-<). Vi uma vez, acho na net mesmo, que você treina um cavalo, mas um burro você educa. Bem legal, néh? (eu achei). Outra curiosidade é que os burros são mais calmos que cavalos, mais fortes, escutam melhor que cavalos e também tem um passo muito mais firme que eles. Os cavalos por sua vez são mais bonitos (mas isso é relativo), mais rápidos, portanto mais atléticos, entre outras tantas qualidades. Os dois são como pessoas (não literalmente falando –qqq), todas iguais, todas diferentes (olha o paradoxo _o/), todas com suas qualidades todas com seus defeitos e todas imperfeitamente perfeitas de formas diferentes! *-*
    Quanto ao título eu sei lá... Se você soubesse o quanto eu demoro em por títulos nos meus posts, você não faria essas perguntas difíceis. xD

    ------------------------------------

    Demorei um século para vir comentar, aí chego aqui e faço essa bíblia x_x’
    Mais inconveniente impossível... huehueheuheuehuehuehu... Sorry.

    OBS: Bem legal o que fez pra Brena! ^^’

    ;*

    ResponderExcluir