Campanha natalina + texto

     Quando falamos em Natal, a maioria diz que seu verdadeiro valor foi perdido. Ouço todos dizerem que antigamente os motivos de se comemorar o natal eram mais puros, menos consumistas. Não discordo disso, mas não vejo ninguém, desses que mais falam sobre o valor perdido de natal, tentar resgatar esse valor. Eu me pergunto se eles dizem tudo da boca pra fora, ou são apenas gravadores que ouviram isso de alguém e resolveram repetir. Isso só mostra à que ponto a sociedade humana chegou. Eles não possuem mais opinião própria. É disso que a data me lembra.
     Todos sabemos porque se é comemorado o natal. Se você perguntar às crianças, certamente elas lhe dirão que o natal é uma festa cristã que comemora o nascimento de Jesus. Dão-se presentes à todos, e os sorrisos parecem ser mais constantes. As pessaos parecem esquecer de seus problemas. Isso é fascinante, para mim. Mesmo que estas pessoas não estejam, no fundo, comemorando o nascimento de Jesus, elas ao menos estão felizes em alguma epoca do ano. Deus deve gostar disso. Só não entendo o por que que os pais procuram alimentar tanto a imagem da existencia do papai noel.
     Você sabe quem ele foi?
     Eu não, exatamente; mas sei que visão deveriamos ter dele.
     As crianças deveriam pensar no Papai Noel como um exemplo de generosidade à ser seguido. Ao invés disso, o bom velhinho é um alimentador de cosumismo infantil. As crianças pedem à ele, como se Papai Noel fosse somente uma maquina incrivel de dar. Na verdade, é por isso mesmo que as crianças deveriam admirá-lo, e não explorá-lo. Embora isso, a culpa não é dos pequenos, mas dos grandes - dos adultos. Eles que ensinam isso as crianças. Falando a mais sincera, e triste, verdade, nunca vi uma criança que procurasse ser generosa, dizendo seguir o exemplo do bom velhinho; mas sempre quis ver. Não que eu tenha sido diferente dessas crianças - acreditei no papai noel por muito tempo -, e, embora eu me sinta idiota de sempre agradecer o papai noel pelos presentes (sendo que ele não existe), acho que essa semente deveria ser plantada nas crianças modernas. Devia-se ser lembrado que o Papai Noel não é uma maquina imparavel, alimentadora de seu consumismo atualista.
     Talvez as crianças também devessem lembrar que alguém, algum dia, morreu em motivo de todos. O mesmo alguém que merece, e deveria ser o motivo original de comemorar-se o natal, entregou sua vida por um bando de consumistas como você e eu; e, ao contrario do que você faria, ele fez isso sem o objetivo de ganhar algo em troca. Ou, talvez, melhor que isso: ele desejava apenas que você tivesse ele como exemplo, e fizesse o mundo como ele fez. Toda vez que penso nele, penso numa imagem que eu gostaria de mim mesma: alguém capaz de resolver os problemas com inteligencia, sem arrogancia, ganancia, e, o melhor de tudo, capaz de mudar o mundo sozinho. SOZINHO, ele conseguiu fazer de sua ideia uma à ser seguida por mais de dois mil anos. Sabe o que é isso? ALGUÉM QUE SABIA SER CAPAZ. Alguém que merecia, com toda certeza, a admiração de todos.

----------------------------------------------------


A minha nee-chan, Mellody-san, me passou um selo com uma campanha natalina. Os objetivos dessa campanha eram os seguintes:




1- Levar o selinho a cima para seu blog ;

2- Fazer no minimo 2 cartõeszinhos de natal para entregar a alguém, e escrever o nome da pessoa que vai entregar
3- Fazer um Post super natalino com a campanha ( sem esquecer o motivo principal de existir o Natal ! ) ;
4- indicar a 5 blogs, e aviza-los .


O post eu já fiz, os cartões, ainda vou fazer. As cinco pessoas que indicarei serão avisados em seus respectivos blogs *-*'
Então... Bye'?
Depois posto a continuação do conto, ok?

Kissus'

4 comentários:

  1. Eu acho o contrário: o clima melancólico fica no ar, muita tristeza, culpa por não ter feito nada no decorrer do ano.
    Enfim, deveria ser uma data alegre no fim. Beeijos :D

    ResponderExcluir
  2. Hello fofa' tenho selinho pra vc no blog!! hihi^^ entra lá (: http://dilemasdeadolescente.blogspot.com/2010/12/selinhos-que-eu-ganhei.html beijonas ♥

    ResponderExcluir
  3. eu acho que o papai noel existe sim! u.u
    Dentro da gente, em cada ato de generosidade que acontece pelo mundo.
    Parece que o mundo se divide cada vez mais, em diferentes grupos: ricos e pobres, brancos e negros... generosos e egoistas. E de alguma forma somos todos iguais.
    Depende apenas de cada um, a gente tenta, mas eu não sou muito forte sozinha, mas não desisto.

    Sabe, esse natal eu fui uma boa velhinha, dei presente para os mais queridos e estou lisinha, lisinha... -rs
    Mas sabe, presentes não são importantes, esses que vem em caixa... são apenas objetos: úteis, inúteis, lindos, horrorosos... objetos.

    os presentes com que realmente me importo são as pessoas, o carrinho, o amor e os dias.
    E é isso que vou ensinar aos meus filhos.
    Não quero ser comodista e deixar que eles pensem qualquer coisa. Vou ensinar direitinho e dps eles resolvem se vão se lembrar ou não.
    (=

    2 (mil) beijos e feliz natal.
    Ah, e vc é um dos meus presentes, te adoro muito.

    Ju

    ResponderExcluir
  4. Adorei que vc me indicou!! Ando um pouco agitada e estou um pouquinho ausente do blog, mas mesmo assim adorei a campanha de natal e irei fazer! E voltarei a postar textos!

    tirei um tempo pra respirar um pouco fora do mundo online hushushaush!

    ResponderExcluir