Tempo de areia. Part.1

O vento balançou seus cabelos lentamente, fazendo fios castanhos esvoaçarem contra a ventania. Ela sorria para mim. Seus olhos verdes gritaram por minha atenção. Fui obrigado a olhá-la; olhei-a.
E percebi que não conseguia ver mais nada além dela.
Mas eu não sabia como era seu rosto. Apenas seus olhos e seus cabelos pareciam evidentes para mim.

Despertei de meu sono, com a cena do rosto desfocado ainda em minha mente. Desde quando tenho tido estes sonhos? Não lembro. Acho que desde sempre.
Me espreguicei e fui até a janela panoramica de meu quarto. O mar sorria para mim. Deixei meus dedos tocarem o vidro d janela, como se buscase tocar no mar lá longe, e sorri para o horizonte. Ainda estava cedo, e o sol tingia lentamente o mar esverdeado de laranja e vermelho - suas cores iniciais. Fui ao banheiro tomar meu banho, e, depois de tanto tempo, parei para anlisar minha própria casa. Sempre vazia - nunca me acostumei em vê-la desse jeito.
Meu celular tocava, assim que terminei com meu banho. Desliguei meu aparelho celular, nem zangado, nem contente. Essa é minha semana de férias, embora meu trabalho não chegue a ser cansativo. Sou diretor de uma empresa, causo prestigio nas revistas, e comando centenas de empregados. Isso não chega a ser cansativo. Acho até que é divertido. Mas prometi a mim mesmo que essa semana de férias seria sagrada.
Esse lugar é maravilhoso. Devo aproveitar isso enquanto posso.

Já passava das oito da manhã quando decidi caminhar na arei da praia. Vesti uma roupa apropriada, e sai pela porta enorme e transparente de minha cozinha. A luz do sol me saudou. Sorri. Comecei a andar. Senti a areia morna tocar meu pé, e continuei meu caminho pela areia.
O vento passou, arrastou grãos dourados para longe, deixando-me cego por um instante. Fechei os olhos, colocando minha mão à frente de meu rosto, tentando evitar que a areia entrasse neles. O vento cessou. Me senti aliviado, enquanto continuava a andar. Olhei para o mar, sentindo seu cheiro refrescante me invadir. Ali, brincado com as ondas, uma garota chutava as ondas. De inicio, estranhei. Essa praia é deserta. Mas fui comprimentá-la.
- Oi.
Ela olhou para mim, como se eu tivesse atrapalhando-a em algo. Quase me desculpei, mas esperei que ela respondesse. Indo contra minhas perspectivas, ela tirou de uma pequena bolsa um saco plastico. Olhou bem para ele - como se fosse uma foto - e então sorriu. O sorriso mais viciante que já vi.
- Te achei! - ela exclamou, correndo para mim.
Quase empurrei-a, quando vi a garota se aproximar perigosamente. Mas ela não se aproximou mais, parando à menos de dois metros de mim. Seu rosto pardo contrastava com seus olhos... Por um instante, achei que estava ficando louco. A garota era aquela. A do sonho. Ou talvez não. Eu estava confuso.
- Me achou?
- Ren, que sorte!
- Ren?
- Oras, esqueceu seu nome agora, foi? - a garota parecia cada vez mais louca. Usava um vestido longo e totalmente branco, sem enfeites. Parecia mais uma toga de anjo.
- Desculpe, acho que tem algum engano por aqui. Meu nome não é Ren; é... - ela me interrompeu.
- Você já me pegou nessa brincadeira diversas vezes! Poxa, isso já está sem graça.
Olhei-a pasmado. Ela parecia falar serio. Olhei ao redor, procurando cameras ou qualquer coisa que identificasse que aquilo era uma pegadinha de tv; mas estavamos tão sozinhos quanto vivos. Não havia árvores, barracas, ou qualquer coisa para esconder alguém com uma camera. Esse lugar é totalmente deserto.
- Desculpa. Eu não te conheço mesmo.
Ela pensou um pouco, quieta. Quase achei que ela fosse chorar; isso me irritava. Esperei que ela falasse algo, e demorou muito para que ocorresse.
- Entendo... Não achei que você fosse me esquecer. - ela murmurou, quase para si mesma.
Agora, sim, ela chorava. Silenciosamente, vi duas lagrimas suas descerem pela sua pele morena. O vento passou novamente, arrastando mais areia para longe. Meus olhos ficaram cegos, por um instante muito breve, até qu pude abri-los novamente. E ela não estav mais lá.
Uma ilusão? A garota havia sido fruto de minha imaginação? Eu não duvido.

---------------------------------------------------------------------------------------


Esse é um conto que comecei a escrever; não sei se ficou bom, e não é do estilo literário que costumo escrever, mas decidi ver o que vocês acham. Ele possui 5 partes, e, dependendo da reação de vocês à ele, postarei a segunda parte no inicio da semana que vem. ^^'

Até mais,
Beijos'

9 comentários:

  1. Ah, que perfeitõn'
    Adorei.
    Estou esperando o próximo. *_*
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oláa ! estou passando aqui pra pedir que participe da campanha para um natal mais feliz ..
    - > http://meumundoloove.blogspot.com/2010/12/campanha-para-um-natal-ainda-mais-feliz.html

    obrigada, e tenha um bom Natal ! :*

    ResponderExcluir
  3. ohh mto bom! Ela conheceu ele numa antiga encarnação? -parey

    tem um selo pra vc no meu blog, nee-chan!

    umbj '

    ResponderExcluir
  4. o nome dela é Munick (: vou por uma foto dela no post agora pra tu ver :B

    umbj

    ResponderExcluir
  5. Hi!!

    O seu conto ficou legal (glória!!). Desconfio que essa "garota" seja uma suposta, digamos, "anja ou anjo" (pra não ficar estranho O.O'). Ou melhor, o homem pode ter uma dupla personalidade; ai, sei lá, perdi minha imaginação agora *-*

    Bye~~. Vê se faça um final legal dessa vez... Sorry -_-'

    ResponderExcluir
  6. Oi o ET mudou de endereço: http://espacoteen-et.blogspot.com/ Segue? Acc Parceria? Amei o seu!

    ResponderExcluir
  7. Historia interessante, acredito que vai melhorar! Gostaria de dar uma passada la?:

    www.garotadesigual.blogspot.com

    Alias, muito criativo o nome do blog tbm aaaamo ler XD

    ResponderExcluir
  8. Super demais... Nouuuusa Nai, vejam só... Se superando... Bem sua cara, não é mesmo...? Quero saber o que vai acontecer nessa história... Tou esperando pacientemente... Obvio que voce escreve super... Teenho nem o que falar, em relação a isso... Ah, passei várias vezes no seu blog, 1° vez tive coragem de postar... :$ :$ :$ Sorry, Xaudades, Minha Desumana Favorita... :$ :$

    Beijos, Eterno Apaixonado... :(

    B

    ResponderExcluir