Há coisas que eu gostaria de esclarecer, mas não tenho coragem para tanto. Começo a me achar melodramatica demais; chata demais; estranha demais. Só que há pensamentos que não consigo refrear, e que acho que as outras pessoas não entendem. Elas acabam pensando que eu... não gosto delas.
        Se elas soubessem o quanto fico feliz ao ve-las, certamente eu não conseguiria mais olhá-las nos olhos.
        Elas tiveram o azar de serem importantes para mim. O que me deixa levemente triste. Essa história é a mesma de antes, não? Começo a gostar delas, a ponto de depender de suas presenças para manter parte de mim própria estável, e depois elas simplesmente me deixam. Tudo tão de repente, sem aviso. Sinto-me abandonada. Sozinha.
        Não suporto a solidão.
        Não suporto mais chorar por alguém.
        Saber que a vida é feita de ausência e presença, idas e voltas, não faz diminuir a dor que sinto quando vejo alguém ir embora. Sou egoísta, gostaria de pedir para que ela ficasse, mesmo que isso não fizesse bem a ela. Mas elas vão, de qualquer forma, e a solidão me atormenta durante alguns meses - talvez um pouco mais. Gostaria de saber por que me apego tanto à pessoas que não devem sentir o mesmo que eu.  Mesmo quando minha razão me pede pra me afastar de algué, prevendo um futuro e provavel adeus, eu desobedeço - e é isso: sou uma grande idiota.
        Creio que se eu obedecesse mais a mim mesma, não teria muitos motivos para chorar.
        Dou um conselho para quem quiser: nunca se apegue demais à pesssoas. Um dia, você terá de dizer adeus à elas.
        Odeio despedidas, ainda mais porque todas que eu fiz, não sabia que estava fazendo. Demora pra eu perceber que as pessoas seguiram em frente com suas vidas, e eu continuo na mesma, andando pelo mesmo caminho sem volta. Sou mesmo idiota. Não sei simplesmente seguir em frente, esquecer as pessoas, viver sozinha. E também não sei como mantê-las de junto de mim, não sei como ser suficiente.
        Não sei amar.
        E cada vez que piso no mesmo lugar em que nós estivemos juntas há algum tempo, eu lembro de quando eu tinha a oportunidade de abraçar a pessoa, e simplesmente não o fiz. Por quê? Porque sou idiota. Lembro de como eu podia ter deixado as coisas irem mais pra frente, e não deixei. Por quê não deixei? Porque sou idiota. Lembro de quando eu podia dizer a alguém que eu gostava dela. Por que não disse? Adivinha; sou idiota.
        As consequencias dos atos qur você não fez, as vezes é muito pior do que os que você fez. É melhor se desculpar por algo errado, do que se arrepender de algo que não foi feito. Muito melhor.

Um comentário:

  1. é horrivel esse sentimento, eu sei como é... esse tipo de arrependimento é o pior.
    Melhor fazer uma coisa q nao da certo e se arrepender dpois. Doq nao fazer uma coisa por medo e se arrepender dpois.

    Ah nee-chan, acho q vc deveria mostrar mais o seu carinho, eu sei q tem muito amor gritando pra sair de vc só q vc nao deixa. Se essas pessoas te abandonaram é pq elas nao valem a pena, mas deixa seu amor ser mais libertado... é tão confortavel ;I

    beijao, feliz dia das maes pra sua mamae :B

    ResponderExcluir